Início arrow Notícias arrow Pesquisa de Notícias arrow Notícias arrow La Spaghettada
La Spaghettada PDF Imprimir e-mail
27-Mai-2010

2097 Visitas

Certamente já todos tiveram oportunidade para ‘desmoer’ o evento do último fim-de-semana, (ou se preferirem, o último filme do Benini) pelo que cá vai a crónica vista e ouvida por quem não chega a cheirar o fumo nem a borracha queimada (a da pista!!!)

 

Como já exaustivamente foi por mim explicado a uns e a outros, o trabalho dos comissários visto através de um Samsung (passe a publicidade) adquire por vezes contornos, não direi irreais, mas pelo menos muito ‘plásticos’. Situações como as do posto 2 este fim-de-semana poderão suscitar dúvidas e questões meramente provocadas por um diferente ângulo de visão dos acontecimentos e também pela enorme descarga de adrenalina que nos ocorre quando estamos lá, no sítio onde tudo acontece. Do mesmo modo, percepções no momento pelo comissário que está no posto, são posteriormente ‘negadas’ pela análise cuidada do acontecimento em vídeo.

 

Esta conversa toda para vos dizer que a última palavra cabe ao CCD que em acordo ou não com o DC decidem sobre os acontecimentos desportivos da prova. Posso adiantar que este CCD foi dos mais passivos com que já trabalhei, e não fosse o Nuno a colocar alguma pressão no assunto e certamente teríamos os concorrentes a descrever a última curva já a pisar o asfalto do parque de estacionamento.J

 

 Quanto ao vosso trabalho, por mim, foi mesmo muito bom. A paciência que tiveram de paulatinamente volta após volta reportarem as centenas de abusos que existiram, a vossa intervenção em pista que classifico como bem melhor que a da semana passada, tudo isto levou a que também o meu trabalho e o do Mário Claro ficasse mais fluido. Em relação às comunicações rádio, nem me vou alongar, apenas referir que aquele ‘regresso ao passado’ em procedimento rádio será utilizado sempre que tal se me afigure como necessário. Como puderam constatar a partir do momento que mudámos o procedimento, não existiram mais comunicações sobrepostas… (apenas uma excepção confirmou a regra) J

 

Se no capítulo desportivo o evento decorreu com a classificação de ‘máizómenos’ no capítulo social a coisa já conseguiu a classificação de ‘óquei’. Como sabem, o nosso caro colega Barros, mesmo sendo uma pessoa que não sabe ver as horas, é daqueles personagens que se faltasse na ACDME a vida continuaria, só que não seria a mesma coisa. Isso mesmo ficou provado, quando, poucos meses após abarbatar o troféu ‘Calhau com Olhos’, é eleito o ‘cromo’ da ACDME ao arrebatar o manto ‘Berezidente D’Ajunta’ numa votação em que os fracos se abstiveram mas os fortes vingaram. Fica então um bem-haja ao ‘papa-troféus’ (desde que não sejam laranjas) da ACDME que provou que não é só a distribui-los que se sente como peixe na água. J

 

Uma última palavra de apoio para o nosso DC, que muito remou contra a maré na tentativa de dar a provar um pouco da ‘gastronomia’ Portuguesa aos membros da (des)organização Italiana, mas que em grande parte das ‘refeições’ se viu confrontado com a inevitabilidade (ena caganda palavra) de ‘comer’ spaghetti… e por vezes com ‘molho’ a mais. J Será portanto um DC saturado em Hidratos de carbono que aguardará cerca de um mês pela bela posta Mirandesa.

 

Abraços e beijinhos

 

António Espadinha

 

Actualizado em ( 27-Mai-2010 )
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

Procurar